Página inicial Busca detalhada Anuncie Fale conosco

Notícias



27/10/2011 - As maiores altas nos imóveis em quatro capitais brasileiras.

São Paulo – O IBOPE divulgou nesta quarta-feira sua Pesquisa semestral de Preços Residenciais, para o período compreendido entre abril e outubro deste ano. Rio de Janeiro e Recife lideraram as valorizações de imóveis novos, com alta de 18% em cada. Em ambas as cidades, os imóveis usados tiveram alta ainda maior, de 20% em Recife e 19% no Rio, o que indica uma escassez de lançamentos, com consequente demanda maior por usados.

De acordo com Antonio Carlos Ruótolo, diretor de geonegócios do IBOPE Inteligência, o andamento da valorização dos imóveis nas quatro capitais pesquisadas não indica sinais de desaquecimento ainda, pelo contrário. Nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, porém, houve bairros que sofreram desvalorização desde o início da série histórica, em 2009. Veja a seguir como foi o desempenho de cada cidade, por região:

São Paulo

Imóveis novos:

Valorização de abril a outubro: 14% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 6.019 reais.

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Sudoeste 7.094 17%
Centro 6.538 21%
Oeste 5.962 9%
Norte 5.114 28%
Sul 4.777 17%
Sudeste 4.772 10%
Noroeste 4.627 3%
Leste 3.420 15%

- Maior valorização: região Norte (28%), que inclui bairros como Casa Verde, Santana e Tucuruvi. - Metro quadrado mais caro: região Sudoeste (7.094 reais), que inclui bairros como Alto de Pinheiros, Moema, Itaim, Morumbi, Vila Mariana e Jardim Paulista. - Metro quadrado mais barato: região Leste (3.420 reais), que inclui bairros como Itaquera, Penha e Vila Matilde.

Imóveis usados (foram excluídas as casas):

Valorização de abril a outubro: 11% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 4.979 reais.

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Sudoeste 5.327 11%
Oeste 5.294 8%
Centro 4.738 13%
Norte 4.378 19%
Noroeste 4.219 21%
Sudeste 4.104 11%
Sul 3.636 17%
Leste 2.999 12%

- Maior valorização: região Noroeste (21%) - Metro quadrado mais caro: região Sudoeste (5.327 reais) - Metro quadrado mais barato: região Leste (2.999 reais)

Observações: A região Oeste (Perdizes, Barra Funda, Lapa e Vila Leopoldina) teve valorização inexpressiva tanto para imóveis novos quanto para usados, depois de uma alta vertiginosa entre abril de 2010 e abril de 2011. Já a região Noroeste (Limão, Freguesia do Ó e Jaraguá) ficou estagnada apenas em matéria de imóveis novos; entre os usados, foi a região mais valorizada nos últimos seis meses.

Rio de Janeiro

Imóveis novos:

Valorização de abril a outubro: 18% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 6.000 reais.

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Zona Sul 11.673 20%
Grande Tijuca 5.795 32%
Barra e Recreio 5.518 24%
Centro Histórico 4.752 ND
Zona Norte 3.531 18%
Jacarepaguá 3.382 13%
Zona Oeste 2.403 20%


- Maior valorização: Grande Tijuca (32%), que inclui bairros como Tijuca, Vila Isabel, Grajaú, Alto da Boa Vista e Maracanã. - Metro quadrado mais caro: Zona Sul (11.673 reais), que inclui bairros como Ipanema, Leblon, Botafogo, Flamengo, Gávea, Copacabana, Lagoa e Urca. - Metro quadrado mais barato: Zona Oeste (2.4903 reais), que inclui bairros como Bangu, Campo Grande, Ipanema e Santa Cruz.

Imóveis usados (foram excluídas as casas):

Valorização de abril a outubro: 19% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 5.106 reais

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Zona Sul 9.759 26%
Barra e Recreio 4.931 15%
Centro Histórico 4.356 26%
Grande Tijuca 4.122 27%
Jacarepaguá 2.749 8%
Zona Norte 2.546 18%
Zona Oeste 2.022 6%

- Maior valorização: Grande Tijuca (27%) - Metro quadrado mais caro: Zona Sul (9.759 reais) - Metro quadrado mais barato: Zona Oeste (2.022 reais)

Observações: A cidade está se expandindo para regiões mais afastadas, como as regiões de Barra, Recreio e Zona Oeste, onde há mais terrenos livres e lançamentos. Os imóveis novos nessas regiões tiveram uma valorização alta por conta disso. Entre os imóveis usados, as regiões que mais valorizaram são aquelas com menos lançamentos e mais próximas ao centro. Não há dados referentes a imóveis novos no Centro histórico porque não houve, no período, lançamento de empreendimentos na região.

Porto Alegre

Imóveis novos:

Valorização de abril a outubro: 11% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 4.501 reais

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Centro ou Cidade Radiocêntrica 5.445 12%
Nordeste ou Cidade Xadrez 4.778 11%
Norte ou Corredor do Desenvolvimento 3.632 16%
Oeste ou Cidade Jardim 3.503 7%
Oeste-Leste ou Cidade de Transição 3.280 9%
Sul ou Cidade Rururbana 2.475 ND

- Maior valorização: região Norte (16%), que inclui bairros como Humaitá e Anchieta. - Metro quadrado mais caro: Centro (5.445 reais), que inclui bairros como Bom Fim, Menino Deus, Moinhos de Vento e Praia de Belas. - Metro quadrado mais barato: região Sul (2.475 reais), que inclui bairros como Belém Novo, Belém Velho e Cascata.

Imóveis usados (foram excluídas as casas):

Valorização de abril a outubro: 8% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 2.922 reais

Região Média geral (R$/m2) Valorização
Centro ou Cidade Radiocêntrica 3.248 12%
Nordeste ou Cidade Xadrez 3.085 6%
Oeste-Leste ou Cidade de Transição 2.628 19%
Norte ou Corredor do Desenvolvimento 2.624 20%
Oeste ou Cidade Jardim 2.539 0,3%
Sul ou Cidade Rururbana 2.086 ND

- Maior valorização: região Norte (20%) - Metro quadrado mais caro: Centro (3.248 reais). - Metro quadrado mais barato: região Sul (2.086 reais).

Observações: A região Oeste-Leste (Agronomia, Jardim Carvalho e Teresópolis) permaneceu praticamente estagnada, tanto em matéria de imóveis novos quanto usados.

Recife

Imóveis novos:

Valorização de abril a outubro: 18% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis novos: 4.074 reais

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Boa Viagem 4.895 15%
Central 4.375 21%
Sudoeste 3.826 21%
Norte 3.354 ND
Centro Oeste 3.236 5%
Centro Leste 3.234 36%
Oeste 2.725 14%
Leste 2.475 ND

- Maior valorização: Centro Leste (36%), que inclui bairros como Campo Grande e Torreão. - Metro quadrado mais caro: Boa Viagem (4.895 reais). - Metro quadrado mais barato: Leste (2.475 reais), que inclui bairros como Afogados, Cabanga e Santo Antônio.

Imóveis usados (foram excluídas as casas):

Valorização de abril a outubro: 20% Preço médio atual do metro quadrado de imóveis usados: 3.305 reais

Região Média geral (R$/m2) Valorização média
Boa Viagem 3.709 23%
Central 3.309 20%
Sudoeste 2.913 ND
Centro Oeste 2.998 25%
Centro Leste 2.467 26%
Norte 3.049 ND
Oeste 2.299 -3%
Leste 2.224 ND

- Maior valorização: Centro Leste (26%). - Metro quadrado mais caro: Boa Viagem (3.709 reais) - Metro quadrado mais barato: Leste (2.224 reais)

Observações: Toda a região Oeste (Cidade Universitária, Tjipió e Várzea) teve queda no preço dos imóveis usados. As regiões Norte (Arruda, Porto da Madeira e Pau Ferro) e Leste não tiveram lançamentos no período. Na região metropolitana de Recife, o Porto de Suape tem sido um forte fator de atração populacional e valorização dos imóveis, principalmente usados.


Mais Notícias

  • Corretor de imóveis distante da tecnologia não terá futuro

  • MERCADO IMOBILIÁRIO: RAIO X DA CRISE E ALTERNATIVAS DE RETOMADA

  • Mercado de imóveis comerciais só se recupera em 2017, dizem analistas

  • Preço dos imóveis tem queda real pelo quinto mês seguido.

  • Qual banco escolher para financiar o imóvel?

  • Vale a pena antecipar parcelas do financiamento imobiliário?

  • Aumenta busca por imóveis próximos a universidades

  • Mercado imobiliário não vai conseguir manter preços altos em 2012.

  • Novela no condomínio: quem paga por infiltrações?

  • Oferta, demanda e preços de imóveis ficarão equilibrados em 2012.

  • Cresce 19% o ticket médio do consórcio de imóveis.

  • Como fazer da compra do imóvel um ótimo negócio.

  • Indenização justa por atraso de imóvel ficou mais distante.

  • Aluguel em novembro terá o menor reajuste do ano.

  • Feriado na praia: opções para aluguel começam em R$ 165.

  • Alugar imóvel em São Paulo fica 17% mais caro em um ano.

  • Antes de declarar imóvel no IR, consulte a MP do Bem.

  • Imóvel: conheça as 7 taxas abusivas e ilegais cobradas dos consumidores.

  • Preços de imóveis usados voltam a crescer.

  • Imóveis compactos apostam em funcionalidade e sofisticação.

  • Com preços do aluguel em alta, financiamento torna-se opção para alguns.

  • Campeões de vendas em SP têm 2 quartos e até 65 m².

  • O que você deve perguntar antes de comprar um imóvel.

  • Como é o maior projeto imobiliário de São Paulo.

  • 15 frases geniais de Steve Jobs.

  • São Paulo reajusta em 5,5% faixas de cálculo do IPTU.

  • Apple perdeu um gênio criativo e visionário, e o mundo perdeu um maravilhoso ser humano.

  • Locador pode transferir titularidade de contas, segundo projeto de lei.

  • Aluguel com aniversário em outubro/2011 subirá 7,46%.

  • Confira quanto custa viver em expoentes da arquitetura de SP

  • O que fazer quando o imóvel comprado é entregue com defeito.

  • Vai contratar financiamento imobiliário? Veja 10 dicas para evitar prejuízos.

  • 3 jeitos de economizar na compra de um imóvel.

  • Quando vale a pena alugar um imóvel mobiliado

  • Capitalização que é fiança locatícia chega a SP

  • FGV: IGP-M deve manter taxa de 0,65% em outubro

  • Construtora deve devolver todo dinheiro a quem desiste de imóvel

  • Banco é corresponsável por qualidade de imóvel, diz associação.

Total de Novidades na base de dados -1

 

 

 

 

 

• Home

• Busca Detalhada

• Participe!

• Fale conosco

• Quem Somos

• Política de Privacidade

• Termo de Uso

• Notícias

 

Portal Estilo Consulte Imovel © Copyright 2011, Todos os direitos reservados. portalestilo.com.br